eSudoe

Interreg Sudoe - Homepage

Primeira convocatória

A primeira convocatória do Programa para o período 2014-2020 abriu para as cinco prioridades temáticas do programa, com um orçamento FEDER de 40,2 milhões de euros, repartido da seguinte forma:

 

INVESTIGAÇÃO
E INOVAÇÃO 

COMPETITIVIDADE
DAS PME

ECONOMIA DE BAIXO
TEOR DE CARBONO

LUTA CONTRA A
ALTERAÇÃO CLIMÁTICA

MEIO AMBIENTE
E EFICIÊNCIA DE RECURSOS


15,8 milhões

milhões

4,7 milhões

5,1 milhões

8,6 milhões



A versão completa do texto oficial da primeira convocatória de projetos pode ser consultado aqui

 

A primeira fase

A primeira fase da primeira convocatória abriu a 21 de setembro de 2015. Nesta os promotores de projetos deveriam remitir, através de um duplo envio, uma proposta de projeto simplificada (ver modelo) segundo os prazos específicados na convocatória:

  • Versão electrónica em todos os idiomas da parceria, enviada através da aplicação informática eSudoe até ao dia 29 de abril 2016 às 12:00 horas, hora local de Santander.
  • E versão papel (unicamente no idioma do beneficiário principal e sem encadernar), enviada por carta registada ao Secretariado Conjunto, até ao dia 29 de abril de 2016, às 23:59, hora local de Santander.

No final da primeira fase, o Secretariado Conjunto recebeu 496 propostas de projeto. Pode consultar neste link algumas estatísticas sobre o tipo de projetos apresentados.

A 24 de fevereiro de 2016 foi publicada a lista de propostas de projetos que superaram a primeira fase, trás a decisão do Comité de Programação, reunido em Lisboa a 23 de fevereiro de 2016.

Consulte aqui a lista de propostas selecionadas para passar à segunda fase.

A segunda fase

A segunda fase da primera convocatória esteve aberta desde 29 de fevereiro de 2016. Nesta fase, os beneficiários potenciais tinham que enviar uma proposta de projeto completa (pode consultar aqui o kit de candidatura) nos prazos estabelecidos pela convocatória de projetos:

  • Versão electrónica em todos os idiomas da parceria, enviada através da aplicação informática eSudoe até ao dia 29 de abril 2016 às 12:00 horas, hora local de Santander.
  • E versão papel (unicamente no idioma do beneficiário principal e sem encadernar), enviada por carta registada ao Secretariado Conjunto, até ao dia 29 de abril de 2016, às 23:59, hora local de Santander.

O Secretariado Conjunto elaborou uma série de Perguntas Frequentes relacionadas com a segunda fase para dar resposta às principais dúvidas dos beneficiários potenciais.

Reunão técnica sobre a segunda fase

A 16 de março de 2016 pela tarde e 17 de março de 2016 pela manhã, o Secretariado Conjunto organizou uma reunião técnica sobre a segunda fase da convocatória, para a qual foram convidados os promotores de projectos que haviam superado a primera fase.

A reunião, celebrada en Santander, tratou sobre os aspetos técnicos da apresentação da candidatura, assim como certos aspetos de conteúdo dirigidos a melhorar a qualidade das propostas.

Pode consultar aqui o programa do evento e as apresentações.

Após a reunião técnica da segunda fase, o Secretariado Conjunto elaborou um documento com informação complementária para dar resposta a várias questões que surgiram durante a reunião  Pode consultar o documento aqui.

Aprovação dos projetos

A aprovação final dos projetos foi notificada após a decisão do Comité de Programação, reunido a 30 de junho de 2016 no Porto (Portugal). Nas próximas semanas, alguns projetos deverão apresentar os documentos e as possíveis modificações requeridas pelo Comité de Programação.

Pode consultar aqui la lista dos projetos selecionados.

A aprovação definitiva dos projetos terá lugar na cerimónia de assinatura dos acordos FEDER, a que seguirá um seminário de gestão de projetos, previsto para 26 e 27 de setembro de 2016 em Santander.

Mais informação

Neste link pode consultar as datas aproximadas da abertura das próximas convocatórias.

Pode consultar mais informação sobre o funcionamento das convocatórias aqui.

As informações completas sobre todos os aspetos de elaboração e gestão de um projeto encontra-se na Guia Sudoe.

Neste link encontrará as ferramentas que o Programa põe à disposição dos beneficiários potenciais.