Interreg Sudoe - Programa Interreg Sudoe

Os projectos aprovados

Os projectos aprovados

Concertação Local para Otimizar Políticas Territoriais para a Energia Rural
Concertação Local para Otimizar Políticas Territoriais para a Energia Rural

COLEOPTER

Concertação Local para Otimizar Políticas Territoriais para a Energia Rural

Eixo 3: Economia de baixo teor de carbono

Eixo 3 Economia de baixo teor de carbono

Objetivo 4c Melhorar as políticas de eficiência energética nos edifícios públicos e na habitação através do desenvolvimento de redes e da experimentação conjunta
Custo total eligível (€) 1.454.944,07 € Ajuda FEDER (€) 1.091.208,05 €

Galeria

Contato Céline Seince Responsable del proyecto rurener@gmail.com
Setores
  1. Melhoria da eficiência energética
  2. Utilização de energias renováveis em edifícios públicos
Convocatória Terceira Duração 37 Meses - Beneficiário principal RURENER Outros beneficiários
  • ADENE - Agência para a Energia
  • Asociación Empresarial Centro Tecnológico de la Energía y del Medio Ambiente de la Región de Murcia
  • Universitat Politècnica de Catalunya Research Center on Renewable Electrical Energy Systems
  • Comunidade Intermunicipal do Ave
  • Ayuntamiento de Cartagena
  • Município da Póvoa de Lanhoso
  • Syndicat Mixte Ferme est Creuse

Resumo do projeto del proyecto

COLEOPTER desenvolve uma abordagem integrada da reabilitação energética dos edifícios públicos, que combina desafios técnicos, sociais e económicos. O projeto visa estabelecer um diálogo territorial com as partes interessadas a fim de elaborar conjuntamente o plano de trabalho para a reabilitação de um edifício público e de aplicar uma abordagem participativa da eficiência energética, incluindo os agentes locais, que conduz a uma maior eficiência das políticas energéticas e a melhores taxas de reabilitação, tanto públicas como privadas.

Regiões participantes

  • Auvergne
  • Cataluña
  • Limousin
  • Lisboa
  • Norte
  • Región de Murcia
Destinatários
  • Actores relacionados com o meio ambiente e o desenvolvimento sustentável
  • Autoridades públicas locais, provinciais, regionais e comunitárias (municípios, comunidades intermunicipais, deputações, conselherias, ministérios, instituições europeias, etc.)
  • Fundações (exceto C7)